Arquivo do autor:Antunes

No silêncio

Chegas pela porta bolsa caindo do ombro olhar meio cansado do dia de correrias Admiro tua força que mostras sempre embalada no meio de risos alegres Amo-te, leito terno onde deságua o rio dos anseios correntes que fluem em mim … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Realista

Viver, padecer sonhar no intervalo ei-lo, nosso futuro está ali e o céu está a quilômetros… Antunes, 2017.

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Uma tarde em SP

Sentada ela vê as cores reluzirem naquela tarde fria em são paulo “Não garota, sai daqui, não é seu lugar”, diz um vertido sobre seu corpo Ela olha-o, reluz sua face gotejando barbas sujas misturando-se com a fuligem “Não é … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Experimentos #1

Um som, uma viagem, uma coisa boba, um experimento, de Talopes.

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Flores

É claro meu amigo que as rosas são importantes e tudo que é bonito na vida e os amores arrebatadores Mas é que vivemos em tempos de sentimentos muito extremos E a beleza das folhas ao vento já pouco nos … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

O ocaso dos poderosos

O rei se cerca da corte, ignora o murmurinho das ruas como informes desimportantes que recebe em seu castelo. Perdido em suas pequenas intrigas, preocupado com seu vinho francês, não vê o arraste a se consumar, a pólvora a explodir … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Lições de Brasília

Obrigado Temer por me ajudar a conhecer todos os benefícios hidratantes do leite de magnésia e respiratórios do vinagre! Antunes, 2017.

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Conversa de Bar

Aquela mochila incomodava Carlos. Já bastava que tivesse que trabalhar o dia todo, ainda sair com as costas doendo de levar essa mochila. Era supervisor de telemarketing já faziam 4 anos, longos anos em que havia perdido uma parte considerável … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

O Vendedor

Naquele dia, Zé da Muamba havia realmente dado uma sorte grande. – Olá! Bonjour! How are you? – Bom dia – disse o homem, em um português arrastado que denunciava não ser sua língua de origem. Naquele dia quente de … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Soneto para despedidas

Em teu ombro repousa a cabeça enternecida pelo afago A calma para que eu esqueça perturbações que comigo trago Deixo-te porque é necessário crepúsculo turva o caminho mas antes olho-te solidário o beijo entorpece tal vinho Mostras tristeza pela saída … Continuar lendo

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário