Arquivo do mês: agosto 2015

Resposta para um amigo

Não há lonjura que suplante um poema amigo! Lamenta não aventurarmos há muito, mas veja você!, nelas se embrenha e me leva presente. Estou contigo nessas folhas que rabisca, distância é só ferida que se cobre com vinho farto. Cujo preço, camarada, … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Carta para um amigo

Meu amigo há quanto não lhe vejo tu que por tanto andaste comigo que foi meu ombro na solidão hoje parece uma reminiscência de lembrança boa que guardo Penso que não devemos sofrer em afastar-nos como agora que seremos, enfim, … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário