Arquivo da categoria: Contos

Preguiça

Notei a janela, tantas vezes caminho livre para meus pensamentos, de jeito diferente. Precisamente em frente a ela, seu desenho emoldurava uma pintura viva, iluminando a parede esverdeada do quarto sonolento. As folhas da mangueira sacodiam-se ao sabor da brisa … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Conversa de Bar

Aquela mochila incomodava Carlos. Já bastava que tivesse que trabalhar o dia todo, ainda sair com as costas doendo de levar essa mochila. Era supervisor de telemarketing já faziam 4 anos, longos anos em que havia perdido uma parte considerável … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

O Vendedor

Naquele dia, Zé da Muamba havia realmente dado uma sorte grande. – Olá! Bonjour! How are you? – Bom dia – disse o homem, em um português arrastado que denunciava não ser sua língua de origem. Naquele dia quente de … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

A escolha

A rua estava vazia. Cortando o silêncio da noite, só os passos apressados desciam pela Boulevard 28 de Setembro. Havia chovido naquela noite, então volta e meia pisava em uma poça. O barulho o acordava de seus devaneios e fazia … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Certa manhã

Lembrou novamente, olhos apertados, buscando opor uma de suas mãos ao raio de sol de janeiro que escapava pelo pequeno espaço deixado entre as duas metades da cortina e mirava insistente seu rosto; fez sombra. Não era a primeira vez … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Reservado

A manhã já começava a arder quando cheguei a Angra dos Reis. Os raios solares batiam na janela do ônibus, aumentando a luminosidade até o ponto em que, após alguns minutos preso entre o sonho e a realidade, vi-me impossibilitado … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Um freguês

A cada meio-dia o restaurante transforma-se num difuso rebuliço. Meus ouvidos percebem velozes os assuntos-retalhos entre os fregueses que se sucedem sem que despertem saudades, logo substituídos por outros que transformam essa unidade sonora como o percurso de uma orquestra … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Uma noite comum

Essa é a estória de uma noite. Uma noite que não trouxe consigo nenhuma ansiedade, não havia grandes expectativas. Uma noite que começara há poucas horas, quando saí de casa em direção ao bar onde encontraria os amigos para, de … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

O Profeta

Ninguém sabia exatamente o motivo. Mas era fato conhecido que Alcides tinha um medo crônico da morte. Claro, é algo relativamente normal o medo da morte, mas aquele medo contido que guardamos debaixo do travesseiro, oculto entre tantos outros pensamentos, … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Carnaval e cinzas

O carnaval consumiu-me. Não digo que me exauriu fisicamente ou que seu fim arrastou a combalida alegria com que busco certa beleza escondida pelo todo dia. Novamente contive a tinta. Perdi-me de mim mesmo ao abandonar essas folhas-como-bússola. Não apenas … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário