Arquivo do mês: outubro 2012

A independência

De hoje em diante Declaro livres todas as palavras Os verbos podem finalmente Transitar com quem quiserem: Objeto direto ou indireto (até os dois ao mesmo tempo, para assombro das palavras eruditas) Os sujeitos viverão felizes E encontrarão onde quiserem … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | 2 Comentários

A poesia

Outro dia perguntei me enchendo de ousadia nesse mundo tão mercantil onde está a poesia? Logo os intelectuais com formalismo em demasia apressam-se a responder está na métrica a poesia! mas a métrica do homem a resposta de tanto valor … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Mémoire

Amadurecer é morrer perder sonho aos poucos motivo pelo qual todo poeta é imaturo quando eu era jovem adivinhava no vento o sussurro de vidente que tocava levemente minha face o tempo era jogar bola o sorriso com amigos era … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário