Arquivo do mês: janeiro 2014

A estrela da manhã

A intensa chuva inundava a noite de certo temor primitivo, acentuado vira-e-mexe pelos retumbantes trovões que não cessavam e mantinha-os em tenso estado de alerta. À escuridão em que estava imerso aquele quarto – da única janela apenas distinguia-se o … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Sobre o amor

Amar é jogar-se das estrelas e descobrir que é voo ao chão Joaquim Miguel, 2014.

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Do amor

Amar é jogar-se nas estrelas sem se preocupar em alcançá-las Antunes, 2014.

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Meus versos

Mato-me em cada símbolo nos versos e estrofes para não fazê-lo Que letras ajam uma ou duas vezes quantas mais necessário para que satisfaça Faço aos poucos para não atordoar-me e enquanto o sentimento esparrama cada vez mais me esvaio … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | 1 Comentário