Arquivo do mês: maio 2015

Soneto do Amor Ideal

O pranto no meu peito origina-te rio rosa que n’alma nasce e que descobre em mim morada a cantar triste em versos que assim enchem no coração antes leito vazio Tua falta que é o amor que crio em cânticos … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário